Lajes Protendidas

Vantagens da Laje Protendida

Redução de até 20% no consumo de concreto!

lajes-protendidas-02

Para vãos de até 3,2m, não requer escoramento!

lajes-protendidas-03

Para vãos de até 6m, utiliza apenas uma linha de escora!

  • Alta resistência;
  • Maior rapidez na sua obra;
  • Facilidade de montagem;
  • Estruturas mais econômicas;
  • Redução e até eliminação de escoramento;
  • Economia de material, tempo e mão-de-obra;
  • Utilização em residências, comércio ou indústrias;
  • Produção Industrial e rigoroso controle de qualidade;
  • Utilização de elemento de enchimento em cerâmica ou EPS;
  • Fabricação de vigotas com concreto de alta resistência e aços especiais para protensão;
  • Redução de peso devido ao uso de vigotas já concretadas;
  • Redução de consumo de concreto nas lajes;
  • Vãos com 3,00m sem escoramento, vãos de 3,00 a 6,00m com apenas 1 linha de escora e vãos de 6,00 a 10,00m com 2 linhas de escora;
  • Melhor comportamento nas lajes com redução de flechas devido à protensão.
Solicite seu orçamento sem compromisso, enviaremos um representante até você!

Elementos que compõem a Laje Protendida

Vigotas Protendidas Protensalto (VPS)

São constituídas por concreto estrutural, executadas industrialmente sob rigorosas condições de controle de qualidade, com seção de concreto formando uma vigota, com armadura ativa pré-tensionada totalmente englobada pelo concreto da vigota, também designada em projeto como LP (Laje Protendida).

Elementos de enchimentos

São componentes pré-fabricados com materiais inertes diversos, sendo maciços ou vazados, intercalados entre vigotas Protensalto em geral, com função de reduzir o volume de concreto, o peso próprio da laje e servir como fôrma para o concreto complementar. São desconsideradas como colaborantes nos cálculos de resistência e rigidez da laje, podendo ser de material cerâmico ou em EPS (Isopor).

Armadura de distribuição

A armadura de distribuição tem as funções de absorver as tensões e evitar a fissuração do concreto complementar, devendo ser posicionada acima do elemento de enchimento, com seção de no mínimo 0,90 cm²/m em cada direção para aços CA 25 e 0,60 cm²/m em cada direção para os aços CA 50 e CA 60, contendo pelo menos 3 barras por metro em cada direção.

Concreto Complementar (capa)

O concreto complementar é considerado como parte resistente da seção final da laje, podendo ter 4 ou 5 cm para situações habituais e excepcionalmente acima desse valor.

Perguntas frequentes

Não, somente as vigas e/ou lajotas (EPS / cerâmica).

Entregamos em, no máximo, 10 dias úteis.

Em, no máximo, 3 dias úteis.

É preciso o projeto (arquitetônico ou estrutural). Caso não possua, tiramos as medidas in loco.

Fornecemos RRT (Registro de Responsabilidade Técnica).

Laje de isopor: aplicação e vantagens

Também conhecido como EPS, o material serve como forma e enchimento em lajes. A aplicação dos blocos de isopor é feita em suportes formados por vigotas. Logo depois, escoras são posicionadas para garantir resistência e sustentação( Se utilizada Treliçada) e a área entre laje e telhado é preenchida por concreto.

A maior vantagem da laje de isopor é a diminuição da carga na estrutura. O material é leve sem oferecer riscos à segurança da obra. Quando o material comprado é de qualidade, não existe perigo nenhum no deslocamento sobre a laje. A vantagem da construção com esse material também envolve sustentabilidade, já que é 100% reciclável.

Desvantagens:

Apesar de servir muito bem como isolante térmico, a aplicação da laje de isopor precisa de muito planejamento. A construção precisa ter bastante circulação de ar e as janelas devem ser posicionadas em pontos expostos à luz solar. O acabamento com chapisco ou gesso é um pouco complicado, visto que o isopor precisa de uma cola especial para assegurar a aderência,

Durante a compra do material, a escolha entre os tipos de laje se baseando pelo mais barato não é recomendado. O EPS geralmente é um pouco mais caro do que a laje de cerâmica, mas a análise dos pontos positivos pode fazer valer essa diferença.

Laje com cerâmica: aplicação e vantagens

As lajotas cerâmicas, que são guias para a medição da distância entre as vigotas, estruturam a laje antes de preenchida com concreto. As vigotas servem como suporte que garantem a forma e resistência.

A facilidade na colocação de eletrodutos, esgoto e canos d’água é grande. Além de, como já citado, serem mais baratas do que a laje de isopor, as lajotas de cerâmica não precisam de material especial para garantir a aderência do acabamento e podem ser rebocadas.

Desvantagens:

Citando as desvantagens, o material é mais pesado e precisa de mais cuidado no manuseio. Ela é menos resistente a quebras durante o transporte, na hora de aplicar e na concretagem, podendo causar desperdício. Essa perda pode ser evitada com o cuidado na aplicação e a simples verificação do atendimento do produto às normas de qualidade.

Afinal, qual é melhor?

Em resumo, entre os tipos de laje, tanto a de isopor quanto a cerâmica tem suas vantagens e desvantagens, mas, no fim das contas, a escolha varia de acordo com suas necessidades e prioridades durante a obra.

Uma viga pesa de 15,50 kg até 21,50 kg.

Até 1500kgf/m², dependendo das características da laje.

Somente em vãos acima de 3,20m.

Sim, ela é totalmente preenchida.

Informações Técnicas

Tabelas Dimensionamento

Clique nas imagens abaixo para ver as Tabelas de Dimensionamento:

Enchimento Cerâmico
b = 30 cm

Enchimento Cerâmico
b = 40 cm

Enchimento Isopor
b = 30 cm

Enchimento Isopor
b = 40 cm

Qualquer vão e sobrecarga que não conste nas tabelas, favor entrar contato com a engenharia:
E-mail: eng1@protensalto.com.br

Tabelas Dimensionamento: como calcular

Aprenda a calcular as tabelas da Protensalto.
Em caso de dúvidas, entre em contato conosco para maiores esclarecimentos.

Solicite um orçamento.

Solicite um orçamento para a nossa Central de Atendimento.
Nosso Departamento de Engenharia responderá prontamente.